sexta-feira, 10 de março de 2017

Concurso FAÇA LÁ UM POEMA, FLP - Poemas Vencedores do AE D. Carlos I

Revelamos finalmente os poemas selecionados para a 8.ª edição do Concurso 

FAÇA LÁ UM POEMA. 

Os Avós

Os Avós são espetaculares
porque cuidam de nós,
Devíamos estar muito agradecidos
aos nossos vóvós.

Os avós contam histórias
de quando eram crianças,
contam também como
eram as suas danças.

Os avós ensinam
coisas muito valiosas,
têm coisas antigas
que são muito preciosas.

Quando os pais
precisam, fazem-nos o jantar,
e quando estamos doentes
vêm logo ajudar.

Quando nos portamos mal
esinam-nos uma lição,
que muitas vezes
nos fica no coração!

Tiago Calaim
3.º e 4.º A
EB D. Carlos I

MARÇO 2017


AS ESTRELAS

No céu eu vejo as estrelas
deitada na minha almofada,
os pirilampos cantam para elas
uma encantada balada.

Eu fico a contemplar
as estrelas,
brilhando toda a noite
como lindas caravelas.

Quando deitada estou
as estrelas admiro
Elas são lindas,
lindas de morrer!

Para o céu fixo o olhar
vendo estrelas a brilhar
Constelações estão a formar
e que imagens de pasmar!

Beatriz Teixeira
n.º 4 6.º D


Entre grades

[Poema inspirado em O pátio da Prisão de Vincent Van Gogh]


Era só mais uma história de um prisioneiro
Como outra história qualquer
Também tinha promessas, saudades e sonhos
Mas num momento tudo perdeu o sentido
O seu olhar mostrou-lhe que era o fim
Mas acabou por não ser bem assim.
Tudo mudou, tanto falhou!
Há quem acredite em milagres,
Há quem cometa maldades
Há quem não saiba dizer as verdades.
Se é um ano ou dois sem existir,
Há que aguentar, há que não desistir.
Entre altos muros com grades frequentes
Sente-se o frio, os corpos dormentes.
Há lágrimas que não caem pela cara
Há lágrimas que escorrem pelo interior do corpo
E agora prisioneiro, resta-te acreditar em ti,
nas pessoas, no que sentes e no que fazes.
A vida é um caminho precário
e tudo gira ao contrário.
Diz-me tu se vale a pena
tão dura quarentena.

Sérgio Leitão
B3A / EPS


Sem comentários: